quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Um Primeiro Passo



Confesso que sou adepta do "faça o que eu digo, não faça o que eu faço". Já escrevi várias coisas sobre arriscar, tentar mais e pensar menos, porém eu de fato não sou bem assim. Na maioria das vezes o medo e a insegurança me impedem de seguir em frente, me impedem de dar o primeiro passo.
Dessa vez foi diferente! Decidi enfrentar seis horas de viagem para ficar cinco dias ao lado de alguém com quem eu pouco tinha convivido. É obvio que antes de comprar a passagem para o Rio de Janeiro eu pensei muito, desisti várias vezes, mudei muito de ideia e, mesmo com a passagem em mãos, fiz e desfiz a mala por, pelo menos, umas quatro vezes.
Qual a possibilidade de um encontro com alguém que você mal conhece dar certo?
Quem seria louco ao ponto de sair, de ônibus, de São Paulo e ir para o Rio de Janeiro encontrar alguém que mal conhece?
Pois é, eu fui essa louca. Saí de Sampa, fiquei mais de seis horas dentro de um ônibus e tudo isso porque eu simplesmente acreditei que iria valer a pena. Um belo dia me perguntei se valeria a pena arriscar a estabilidade de uma amizade de MSN e partir para o convívio real, isso porque nos vimos pouquíssimas vezes e nosso contato maior se deu pela internet.

Quantas vezes me olhei no espelho e pensei: "ele não vai gostar de mim?".
Quantas vezes me peguei pensando que ele poderia estar fingindo ser alguém que realmente não era?
Quantas foram as noites rolando na cama e sempre chegando a conclusão de que isso seria loucura.
Afinal: Quem sairia de São Paulo e iria para o Rio de Janeiro para encontrar alguém que só havia visto pessoalmente umas três vezes?
É... Eu fui esse alguém. Saí de Sampa, enfrentei a grande barreira de ir para outro estado sozinha e isso tudo para encontrar com alguém que eu acreditava que tinha um carinho grande o suficiente para não querer que ficasse no MSN apenas.

Sabe o que é melhor disso tudo?
Eu saí daqui para conhecer melhor uma única pessoa e acabei de voltar do Rio trazendo na memória a lembrança de pelo menos cinco pessoas que não esquecerei jamais. Ainda que eu não volte nunca mais ao Rio, coisa que acho muito pouco provável, eu olharei para trás e pensarei: VALEU A PENA!
Como me fez bem ter a certeza de que ARRISCAR VALE A PENA.
Ainda que o medo surja, que a incerteza nos consuma e que a insegurança pareça maior que tudo, eu hoje tenho a certeza de que uma grande aventura sempre começa com um primeiro passo.

Beijinhos

11 comentários:

  1. Oi, Tici, tudo bem?
    Muito obrigado pela indicação e pelo comentário lindo sobre o blog, meu anjo. De verdade mesmo.
    Foi um poema arriscado aquele no qual você comentou, mas sua postagem diz tudo: arriscar vale a pena. E muito!
    Grande beijo pra você e ótima quarta-feira.

    ResponderExcluir
  2. Como diz o adágio, Tici: "De gênio e louco todo mundo tem um pouco." Só se aprende, menina, vivendo. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Um txto divinamente escrito, de um esmero supremo, parabéns por magistral escritas. Te seguindo viu?

    ResponderExcluir
  4. Já fiz muito isso (na verdade umas 4 vezes) Minha última viagem foi pra Caniudé do São Francisco, lá no Ceará. Trouxe recordações muito boas, apesar de ter ficado pouco tempo lá. Fora que a aventura foi demás. Mas ainda não viajei pra conhecer ninguém. Quero fazer isso ainda esse ano. E REALMENTE, VALE A PENA.

    ResponderExcluir
  5. Sigo teu blog. Teu cantinho é mágico demais. Visito sempre que posso. O post nº 0081 que escrevi no meu Blog é inspirado no teu ''SIMPLES ASSIM''. Sou fã das coisas que escreve....

    Um grande abraço e continue nos presenteando...

    ResponderExcluir
  6. E eu que sempre me arrisquei, perdi a coragem de me arriscar numa relação virtual.

    A vida é para se arriscar mesmo, faça sempre!

    Bjos =**

    ResponderExcluir
  7. Sempre corro de atitudes como a sua. Sou racional demais até para coisas como a que vc fez. Mas confesso que acho que sei o que isso significa.Já pensei em fazer parecido!

    http://ligeiramenteblase.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Eu sou defensor da tese do Fernando Pessoa: "tudo é ousadia na vida daqueles que a nada se arriscam". Viver é mesmo arriscado e muito bom por isso também. Abraços. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  9. Achei seu blog mt interessant e estou seguindo-o

    qnd pudr, de uma pssadinha no meu?

    bjoos


    http://cabecafeminina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. É como diz aquela frase 'não importa o que você faça, mas é muito importante que você faça, pois ninguém mais fará'
    E vc foi lá e fez, parabéns! Voltou inteira, com boas lembranças, com aquele gostinho de quero mais UHAUHAUAHUAH
    Parabéns pela iniciativa, mas ainda mais pela coragem. Você se predispôs a ser feliz e a ficar triste, como consequência disso... Felizmente vc ficou contente e fico contente por vc \o/


    bjauM!


    www.suportedamente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Tenho sérios problemas em sair de situações que julgo ocnfortáveis para enfrentar coisas novas, mas em todas as vezes que optei por arriscar não me arrependo e acho que deveria fazer isso mais vezes.

    ResponderExcluir